Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Conversas à Mesa

10 razões para ir a Bragança de 21 a 23

 

 

 

 

 

RAZÃO 1 O Festival do Butelo e das Casulas

O Festival convida à celebração de dois produtos da região:

O butelo é um pantagruélico enchido cheio no bucho (estômago) ou na bexiga. Dentro da tripa apertam-se bem os ossos da suã ou espinhaço, com alguma carne agarrada, o rabo e, por vezes, a barbela porcinas. O colagénio dos ossos da suã liberta-se gradualmente ao longo do processo de fumagem e de cozedura tornando a textura a da carne muito macia e o sabor muito rico. A boa execução desta técnica é vital para o resultado: se for deixada alguma bolsa de ar entre os ossos, o butelo acaba por se estragar rapidamente.  O recheio não podia ser mais humilde, constituído pelo que não foi julgado digno de enchidos mais nobres, como a chouriça ou o salpicão, mas os de Bragança têm grande carinho por ele. Hoje já se faz com mais carnes nobres. Costumam comê-lo por alturas do Entrudo e até fizeram uma Confraria em sua honra e das casulas.

As casulas são mais uma forma de conservação, desta vez do feijão. As vagens de uma variedade especial com menos fios, são postas a secar ao sol. Para as usar, é necessário demolhá-las antes da cozedura.

 

 

 

Butelo e casulas cozinhados pela Justa Nobre, no restaurante Spazio Nobre. A Justa faz este prato por encomenda...

 

 

 

RAZÃO 2 Os restaurantes

Bragança tem bons restaurantes, mas dois deles são dos melhores do país. Falo do Solar Bragançano, onde o butelo e as casulas (e toda a restante comida) são feitos no pote, à lareira (ver aqui), e do Geadas (ver aqui), onde se trabalham e pesquisam os melhores produtos locais.

Os dois são razão farta para a viagem a Bragança, não foram as outras 9 razões.

 

 

 

RAZÃO 3 Comprar enchidos

Na Praça da Sé está armada uma tenda onde vão estar 28 produtores a vender butelos e casulas (respectivamente a 14€ e 12 €), outros enchidos, pães e folares. Aproveite para se abastecer, uma vez que os enchidos até aceitam bem a congelação. Aconselho a visita do stand da Origem Transmontana e do Bísaro.

 

Razão 4 A animação de rua

Em torno da Praça da Sé irá haver animação de rua com gaiteiros e os coloridos e irreverentes caretos. Estes são personagens de provável origem celta, típicos da época do Carnaval que se avizinha.

 

 

 

 

 

 

 

Foto daqui

 

 

 

 

 

RAZÃO5 A cidade de Bragança

O centro da cidade tem um ambiente muito agradável para se passear a pé, mesmo com frio. A não perder o castelo medieval muito bem conservado e o Domus Municipalis, em estilo românico do século XII, onde se pensa terem reunido os homens bons do concelho.

 

RAZÃO 6  Os Museus

 

Três museus que valem a pena a visita. As entradas são gratuitas no fim-de-semana.  

 

Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, com um bom acervo desta pintora.

Museu do Abade de Baçal, de riquíssimo espólio etnográfico

Museu Ibérico da Máscara e do Traje: para melhor compreender a riqueza das festas populares.

 

Razão 7 Visita guiada à cidade

 No Domingo vai sair uma visita guiadas à cidade a partir da Estação Rodoviária, às 10h 30.

 

RAZÃO 8 O parque de Montesinho

Este lindíssimo parque está virado para o turismo activo (ver aqui). Pode passar um dia a apascentar gado com um pastor, aprender a cozer pão num forno de lenha ou fazer passeios 4x4 ou a pé.

 

 

RAZÃO 9 A entronização de novos confrades

 

A Confraria do Butelo e das Casulas, que só tem confrades do sexo masculino, vai entronizar novos confrades e a cerimónia é muito interessante e aberta ao público. A Confraria tem sido muito dinâmica na promoção do  butelo e das casulas.

 

 

RAZÃO 10  As bolinhas de butelo e casulas do Solar Bragançano

Quando estiver em Bragança, não deixe de ir ao Solar Bragançano experimentar umas fabulosas bolinhas feitas com o butelo e as casulas. E para a sobremesa não perca a sopa de cerejas.

 

 

 

 

 

A lista de todos os restaurantes participantes é a seguinte:

 

ACADÉMICO

Av. D. Sancho I, Zona Desportiva

5300-125 Bragança

27 333 14 49

ARES DE SERRA

R. Comandante Sacadura Cabral, Bairro S. Tiago

5300-690 Bragança

91 622 92 92

CASA NOSTRA

Rua Dr. Francisco Felgueiras, n.º 8-10

5300-134 Bragança

93 893 60 26

CHEFE RUCA

Av. do Sabor – Estrada de Gimonde, Lote 13-A

5300-553 Bragança

27 332 86 70

EMICLAU

R. Almirante Reis, n.º 35, Cave

5300-073 Bragança

27 332 41 14

LÁ EM CASA

R. Marquês do Pombal, n.º 7, 5300-197 Bragança

27 332 21 11

NORDESTE

Quinta das Carvas, 5300-551 Bragança

93 243 73 14

O ACÁCIO

R. de Vale d’Álvaro, Qta. da Braguinha, R/C Esq, lt F

5300-274 Bragança

27 332 46 17

O COPINHOS

R. Conde de Ariães, n.º 9, Campo Redondo

5300-114 Bragança

93 420 62 51

O GEADAS

R. do Loreto, 5300-189 Bragança

27 332 44 13

O JAVALI

Quinta do Reconco, Estrada do Portelo

5300 Bragança

27 333 38 98

O MANEL

R. Oróbio de Castro, n.º 26, 5300-220 Bragança

27 332 24 80

O POTE

Alexandre Herculano, n.º 186

5300-075 Bragança

27 333 37 10

 

PANORAMA

Estrada do Turismo, Km 1, Samil

5300-852 Bragança

27 331 24 10

 

POÇAS

R. Combatentes da Grande Guerra, n.º 200

5300-113 Bragança

27 333 14 28

 

POUSADA S. BARTOLOMEU

Estrada do Turismo, 5300-271 Bragança

27 333 14 93

 

QUINTA DAS COVAS

Rua Coronel Álvaro Cepeda, Gimonde

5300-553 Bragança

27 330 25 10

 

ROTA DOS SABORES

Forte São João de Deus, Mercado Municipal

5300-263 Bragança

91 373 70 70

 

SÃO LAZARO

Av. Cidade de Zamora, 5300-111 Bragança

27 330 27 00

 

SOLAR BRAGANCANO

Praça da Sé, n.º 34, 1.º Andar

5300-265 Bragança

27 332 38 75

 

TIC TAC

Rua Emídio Navarro, n.º 85

5300-210 Bragança

27 333 13 73

 

TIPICO D. ROBERTO

R. Coronel Álvaro Cepeda, Gimonde

5300-553 Bragança

27 330 25 10

 

 

TURISMO

Estrada do Turismo, Cabeça Boa

5300-852 Bragança

27 332 42 04