Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

Viagem a Marrocos: tagine de cabrito

 

 

 

Aprendi e Marraquexe com o Ahmed, oriundo de uma tribo berbere do Sul de Marrocos, a fazer esta maravilhosa e infalível, não pode correr mal, tagine de cabrito. Aqui vão todas as instruções até ao último pormenor.

 

Para a tagine ficar com um aspecto mais bonito, pedi no talho que cortassem em cubos o lombo e a perna do cabrito e partissem em pedaços o pescoço. As partes com osso, podem ser retiradas no fim da confecção. Se preferirem, podem usar borrego.

 

 


 

Street food: tagines no souk




 

 

 O Ahmed

 



 

Tagine de cabrito - fácil

Para 4 pessoas ou 1 tagine grande

 

1 dl de óleo vegetal ou de azeite

1 cebola grande picada

500 g de carne de cabrito limpa (perna, lombo)

200 g de pescoço  ou cachaço

1 colher de sopa de salsa e de coentros, picados

gengibre em pó (1 colher de chá rasa ou a gosto)

1 colher de café de açafrão em pó

1 colher de café de estames de açafrão

1 tomate grande sem pele e sem sementes e cortado em quadradinhos

sal

 

Frutos secos

 

1 colher de sopa de açúcar de confeiteiro

canela

8 ameixas pretas descaroçadas

8 alperces

 

 

1) Em lume alto, aquecer bem o óleo vegetal (ou azeite) e alourar a cebola. Selar bem a carne em lume esperto (pode a carne juntar-se por várias vezes, para não baixar demasiado a temperatura). Misturar a salsa e os coentros picados e o gengibre em pó.


2) Em seguida, juntar as especiarias, o açafrão em pó e em estames e o sal.

Quando o óleo tiver começado a desaparecer, adicionar o tomate e, passado pouco tempo, água a ferver quase a cobrir


3) Tapar a tagine, reduzir o lume e deixar cozinhar durante cerca de 40 minutos. De 10 em 10 minutos, juntar mais água a ferver.

 

4) Num tacho, misturar 3 colheres de sopa de molho da tagine ou 2 colheres de sopa manteiga, o açúcar de confeiteiro e canela. Levar 2 ou 3 minutos ao lume e juntar as frutas secas. Ferver durante mais 2 ou 3 minutos.


5) Quando a carne estiver no ponto desejado (não deixar passar demais), misturar as frutas secas. Na altura de servir, enfeitar com as amêndoas torradas e as sementes de sésamo.

 


 

 




 

 



 

6 comentários

Comentar post