Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

MARACUJÁ DOS AÇORES

IMG_8687.JPG

 

Da viagem recente aos Açores trouxe deliciosos maracujás. Para matar saudades da tropicalidade que achei na ilha de São Miguel, resolvi transformá-los numa tarte onde esta fruta faz uma exibição quase a solo. A quantidade de doçura acrescentada pode ser ajustada em funçao do gosto pessoal. 

Grande é a simplicidade e a rapidez do processo. É assim:

 

 

Tarte de maracujá

Base

1 pacote de bolachas digestivas (aveia) ou de bolacha Maria

100 g de manteiga

 

 

Recheio

cerca de 4 dl de polpa de maracujá

1 lata de leite condensado (ou menos, em função do gosto)

4/5 folhas de gelatina

 

 

Base

1) Aquece-se o forno a 170ºC.

2) Trituram-se as bolachas e mistura-se a manteiga mole, quase derretida. Forra-se o fundo e os lados da tarteira com esta massa. Leva-se  durante dez minutos ao forno aquecido. Deixa-se arrefecer.

 

Recheio

1) Põem-se de molho em água fria as folhas de gelatina durante cerca de 15 minutos.

2) Coa-se a polpa de maracujá pelo passador, para lhe retirar as sementes, expremendo bem. Aproveitam-se algumas sementes, para dar vida à tarte, e reservam-se.

3) Bate-se a polpa com o leite condensado. Juntam-se as sementes que se reservaram.

4) Espremem-se bem as folhas de gelatina e derretem-se com meia chávena de café de água bem quente. Junta-se a gelatina à polpa e mexe-se bem.

5) Deita-se na base fria e deixa-se solidifcar no frigorífico durante cerca de 2 horas.

 

 

IMG_8684.JPG

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.