Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

O ARROZ DE LIMÃO, ROBALO E AMÊIJOAS DA NOÉLIA

IMG_9111.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Diverti-me imenso ontem num curso de cozinha da Academia Time Out com a Noélia, do restaurante de Cabanas de Tavira com o mesmo nome.

A Academia fica situada no Mercado da Ribeiro, numa das pontas do food court e é um espaço muito bem planeado para os cursos, que têm uma característica já muito rara: os participantes põem mesmo a mão na massa e são eles que cozinham a maior parte da refeição. Durante o curso, há sempre um copo de vinho e unas comidinhas para ir petiscando.

 

IMG_9090.JPG

 

Os petiscos: muxama com pão algarvio cozido em forno de lenha com estevas

 

 

 

 

IMG_9091.JPG

 

Mais petiscos: biqueirão com tomate e azeite

 

 

 

O Rodrigo acompanha os cursos e contribui com vários conselhos técnicos muito oportunos. A Academia está muito bem dirigida pelo Rodrigo Menezes, que trouxe ideias interessantes, como as festas de anos das crianças, em que todos os amiguinhos participam na confecção de sumos e bolachas, e de adultos, onde depois de todos os convidados cozinharem os pratos de uma ementa escolhida entre três, a confraternização prossegue ao jantar, em redor das bancadas da cozinha.

Hoje deixo-vos aqui a receita de um prato que como sempre que vou à Noélia: o arroz de limão com peixe e amêijoas. Claro que não sabe ao mesmo do que quando é feito pela mão desta grande cozinheira e comido ali com a brisa da ria. Mas é uma receita muito boa e fácil de fazer. Ora aqui vai.

 

IMG_9094.JPG

IMG_9099.JPG

 

IMG_9106.JPG

 

 

 

Arroz de limão com robalo e amêijoas

 

Para 2 pessoas

O peixe usado pode ser qualquer um peixe branco: robalo, garoupa, etc. Peça na peixaria que lhe arranjem o peixe e guarde a cabeça e as espinhas para o caldo. Comece por fazer o caldo, com alguns legumes (uma cebola, uma cenoura, um talo de aipo), o peixe e umas rodelas de gengibre fresco. Se não tiver o caldo, pode usar água, mas não é a mesma coisa...

 

0,5 dl de azeite

1 cebola pequena, finamente picada

1 dente de alho, descascado e finamente picado

2 raspas muito finas de casca de limão, sem a parte branca

1 chávena de arroz carolino

3 chávenas de caldo, bem coado

sementes de duas vagens de cardamomo

1 chávena bem cheia de amêijoas boas (legítimas)

250 g de peixe branco, sem as espinhas e cortados em pedaços

1 mão-cheia de coentros picados

 

  1. Num tacho, comece por aquecer bem o azeite. Junte a cebola picada e deixe amaciar durante cerca de 3 minutos em lume médio. Adicione o alho picado e suba um pouco a força do lume. Mexa de vez em quando e não deixe ganhar cor.
  2. Quando a cebola estiver macia, junte o arroz e mexa, deixando-o fritar. Quando os grãos estiverem bem envolvidos na gordura e o arroz começar a amaciar, junte o sumo de limão. Quando levantar novamente fervura, adicione o caldo bem quente e as raspas de limão. Mexa e deixe levantar fervura.
  3. Reduza o lume e deixe ferver, mexendo de vez em quando para abrir o arroz, até este ficar quase cozido, mas ainda com o centro duro. Adicione as sementes de cardamomo.
  4. Junte as amêijoas e mexa.
  5. Quando o arroz estiver quase cozido, mas ainda com bastante líquido, junte o peixe e afunde-o com cuidado no líquido.
  6. Desligue o lume, assim que o peixe estiver cozido e junte os coentros picados. Sirva de imediato.

 

 

IMG_9111.JPG

IMG_9113.JPG

IMG_9116.JPG

 

Para terminar em beleza, uma magnífica tarte de alfarroba com chila e amêndoa e uma guarnição de Dom Rodrigo, trazida do retaurante pela Noélia. Foi a melhor que já comi, pela presença das duas texturas da amêndoa e da chila.

 

 

 

1 comentário

Comentar post