Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

Boooooolinhas

Já não encontro em praia nenhuma das que frequento a senhora dos bolos, com a saudosa caixa de gavetas que ela abria uma a uma para revelar delícias que só na praia da Figueira a minha mãe me deixava comer. Mas ainda não nos privaram da verdadeira estrela doceira da praia: a bola-de-berlim que, não sei por que bambúrrio da sorte, ainda se vende sem embalagem. Este ano comi-as de várias proveniências em três praias diferentes e comparei-lhes o preço e a qualidade.
Na praia do Gigi, Quinta do Lago, custam 1,60 euros e sabiam a óleo rançoso. Caras e más. 
No Guincho, 1,30 euros. Nada de especial. Pouco levedadas.
Em Monte Gordo, este homem vende as melhores bolas da praia (e provei umas quantas). reúnem as qualidades fundamentais numa booooolinha: fofas (porque bem levedadas), sequinhas e sem qualquer sabor a óleos. A qualidade manteve-se ao longo dos vários dias. O preço 1 euro. E ainda há um cartão de fidelidade que dá a oitava bola à borla. São as bolas do Ferra Macho. A não perder. Depois andam-se alguns quilómetrs à beira-mar e está o equilíbrio reposto. Obrigada meu Deus pelas booolinhas.

 

 

 

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.