Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

Pão de tamagochi








É um verdadeiro milagre que transforma a farinha em pão. Nada na cozinha se lhe compara. Fazer um pão é criar uma vida, é um processo que se vive intensamente de emoção em emoção, de frémito em frémito. Foi esta a minha experiência numa oficina de pão conduzida pelo Paulo Sebastião, um engenheiro informático que vive na Suécia e escreve um blog só sobre pão, o Zine de Pão. 



 

 



 

 




Aprendi que o melhor pão é o que tem um isco como ponto de partida, uma espécie de starter à base de farinha e água, sem fermentos. O isco é uma espécie de tamagochi, porque requer cuidados constantes. Numa primeira fase, pode até ser necessário acordar a meio da noite para o alimentar...






 

 





 

Pão de  trigo e centeio com côdea muito estaladiça e miolo extremamente saboroso





mas o resultado final vale a pena, como pude constatar no pão que cozi no forno de casa. 

Acho que o Paulo Sebastião me viciou na panificação. 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.