Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

AS MELHORES RECEITAS DE NATAL

SONHOS.jpg

Antes de mais os meus desejos de Boas Festas e um Ano Novo repleto de sonhos realizados e, já agora de pudins do abade de Priscos (do Miguel Oliveira), de bom bacalhau, de broas e de rabanadas.

Este ano, achei que a minha proveta idade me permite deixar aqui algumas sugestões. 

Se vai fazer a ceia ou o almoço de 25 em casa, go all the way. Faça menos coisas, mas faça caseiro, na companhia da família ou dos amigos, que são a nova família. A cozinha é divertida e ensina muito a crianças e jovens, desde a concentração à criatividade.

Se não lhe apetece de todo bulir, não bula e não tenha qualquer remorso. Faça estas refeições à mesma em família ou com amigos, o mais importante é estarmos juntos, mas ponha os restaurantes a cozinhar para si. Pode parecer muita cara uma refeição, mas se contabilizar as idas ao supermercado só para fazer uma ceia e um almoço, vai ver que vale a pena. Além do mais, vê-se livre de comer as sobras durante uma semana. Há inúmeras e belas opções em  restaurantes e hotéis, mesmo para bolsas menos fartas. Para bolsas mais fartas, o Sheraton de Lisboa junta a boa comida à vista (125 euros pp em mesa à janela, 110, noutras), mas também pode optar pela mais bela vista de mar no Intercontinental do Monte Estoril, com a inconfundível cozinha de Miguel Laffan (jantar 24 Dez. 75 euros com bebidas e almoço 25 Dez, o mesmo preço). Ou pela arte de Eddy Melo, à ceia de 24  (70 euros e com vinhos e com 50% de desconto dos 4 aos 12 anos) e ao almoço de buffet de 25 (80 euros com vinhos e com 50% de desconto dos 4 aos 12 anos).

Vi todas estas ementas das Festas, e as propostas  muito atraentes. 

Um pedido: não falem em calorias à mesa da ceia nem do almoço de Natal. É pecado, perjúrio, má educação, falta de gosto e tira-nos todo o prazer dos excessos que praticamos e que recebem perdão e bula durante os festejos. 

 

Para quem quer festejar o Natal em casa, aqui ficam também uma série de receitas. E sobretudo o meu conselho para cozinhar o bacalhau sem o secar (https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/cozinhar-o-fiel-amigo-67353).

 

Bacalhau à João do Buraco, para quem está farto do bacalhau com couves

https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/os-melhores-bacalhaus-do-porto-120085

joão do buraco.jpg

 

O Bacalhau à Gomes de Sá, um clássico 

https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/o-bacalhau-a-gomes-de-sa-bem-explicado-125094

 

gomes de sá.jpg

 

 

As broas de espécie

http://conversasamesa.blogs.sapo.pt/2012.html

 

broas

 

 

As Farófias fáceis de fazer no forno

https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/bom-apetite-por-uma-boa-causa-112617

 

O Pudim de Amêndoa

https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/pudim-de-amendoa-para-o-natal-116837

pudim.jpg

 

Os alternativos

A Charlotte de Chocolate

http://conversasamesa.blogs.sapo.pt/24689.html

charlotte.jpg

 

O Tropicalíssimo de Maracujá e Coco

https://conversasamesa.blogs.sapo.pt/tropicalissimo-de-maracuja-e-coco-112340

 

maracujá.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.