Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas à Mesa

BILHETES POSTAIS: A SINGAPURA DAS REGRAS

 

Fumar.jpg

 

 

Singapura é o país das regras, mas das regras que são para cumprir, porque há vigilância e as multas não são nada leves. Quando são só multas e não penas de prisão.

As que eu acho mais emblemáticas são estas:

É proibido vender pastilha elástica. Os turistas podem entrar no país com 2 caixinhas de pastilha. Tudo isto porque se verificou que sai caro limpar a pastilha elástica que as pessoas colam por todo o lado e deitam para a rua. Cuidado se estiver a comer pastilha, nunca a deite para o chão. A multa é pesada.

 

É proibido fumar ao ar livre fora dos locais assinalados, que são raros (talvez menos de cinco dezenas em toda a cidade). Consistem em áreas de 2m por 2m, delimitados por umas linhas amarelas. Dentro delas, existe um cinzeiro que é despejado com muita frequência. Não tente fumar fora dessas áreas. 

Há bairros inteiros, nomeadamente Orchard Road, o paraíso das compras, onde não se pode fumar.

É obrigatório puxar o autoclismo nas casas de banho públicas. Adoro esta e acho que devia ser implementada por cá. Quem não o faça, fica habilitado a uma multa mais pesada que a nossa de excesso de velocidade.

Dar de comer aos pombos, grafitar, ou tocar um instrumento musical em público sem licença é proibido. E todas estas coisas não são apenas proibidas, são mesmo punidas.

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.